Profundez: #harlancoben
Mostrando postagens com marcador #harlancoben. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #harlancoben. Mostrar todas as postagens

domingo, 9 de fevereiro de 2020

Resenha: Não Conte a Ninguém - Harlan Coben
12:00:000 Comentários

Título: Não Conte a Ninguém
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 256
Minha classificação: 3★’s

_______________
▶ Sobre a história:

Elizabeth e David eram aquele famigerado casal que se conheceu ainda nos tempos de escola e ao contrário do que muitos esperavam, não se separaram após a formatura.
Um dos rituais do casal, é retornar, anualmente, ao antigo sítio dos país de David para acrescentar, em uma árvore com suas iniciais, mais uma barra sinalizando mais um ano juntos. Porém, da última vez as coisas saíram do controle... Elizabeth foi sequestrada e David levou uma pancada na cabeça que o fez perder os sentidos momentaneamente. 
De uma forma misteriosa, David conseguiu pedir socorro, mas dias depois o corpo de Elizabeth é encontrado e a morte é atribuída à um famoso Serial Killer.
Anos mais tarde, David recebe um misterioso e-mail com um link para acessar as imagens de uma câmera de segurança, em um horário especifico. Na imagem, ele vê Elizabeth ainda viva.


_______________
▶ O que eu achei:

É, não rolou de novo Harlan Coben.

Confesso que pela premissa, já achei que não gostaria tanto assim da história. Em thriller's, estar em um lago remoto durante a noite já é indício o suficiente de que algo dará errado. Mas, contrariando meus instintos, resolvi arriscar.

O início parecia muito promissor, mas, eis que me decepcionei novamente. Depois das primeiras páginas, comecei a ter a sensação de já ter lido/assistido algo muito parecido com a trama do livro. Infelizmente, nenhum ponto foi capaz de me surpreender e comparando os três livros do autor que já li, a sensação de repetição ficou ainda mais forte.

Parece que uma das características do Harlan, é trazer alguém do passado de volta à vida do protagonista. Sem falar que nos três títulos que li, encontrei pelo menos uma pitada de  conspiração ou falas sobre o governo.

Okay, em apenas um livro eu teria adorado isso, tanto que Até o Fim ganhou minhas 5 estrelas e me fez criar muitas expectativas. Mas, ler três livros que seguem a mesma fórmula acabou se tornando um pouco cansativo.

Por ter um Serial Killer na história, eu também esperava que essa parte fosse um pouco mais explorada. O que claramente não aconteceu e me fez ficar tipo "tanto potencial desperdiçado" haha.


Ainda acho que a escrita do Harlan é fantástica e ele conseguiu me fazer marcar várias falas do personagem principal, pois super me identifiquei com ele. Mas a história de maneira geral, só me fez questionar se o autor realmente escreve pra mim.



"... na dúvida, convém ter a mente aberta."



Postado à:

sábado, 25 de maio de 2019

Resenha: Até o Fim - Harlan Coben
21:22:000 Comentários

Título: Até o Fim
Autora: Harlan Coben
Editora: @editoraarqueiro
Número de páginas: 269
Minha classificação: 4,5 ★’s


▶ Sobre a história:
Após o último ano do colegial, o agora detetive Nap Dumas teve duas perdas irreparáveis: Seu irmão e sua cunhada foram encontrados mortos nos trilhos da ferrovia, enquanto o amor de sua vida simplesmente desapareceu.
Quinze anos se passaram e Nap continua em busca de respostas para tais mistérios, mas sem encontrar nenhuma pista relevante.
Bom, isso até as digitais de sua ex-namorada serem encontradas no carro de um suposto
assassino.


▶ Sobre os personagens:
No geral, acho que os personagens não são tão bem desenvolvidos assim, mas ao mesmo tempo não é algo que me deixe muito incomodada. Fiquei satisfeita com as informações sobre eles que o autor me deu e consegui visualizá-los de uma forma bem clara. Tanto que me vi apegada em vários, sofrendo por outros e até mesmo shippando um casal e declarando ranço eterno por alguns.

▶ O que eu achei:
Estou aqui simplesmente para declarar meu amor pela escrita do Harlan Coben e dizer que ele me conquistou logo nas primeiras quatro páginas.

Sim, isso é possível! Pois em quatro páginas ele já conseguiu me jogar de cabeça na história e do nada... Puf! Surgiu uma espécie de plot twist que me deixou apenas de queixo caído e bom, desde então a história entrou em um ritmo impecável.

O que colabora muito pra isso e pra leitura mega fluida, claro, é a escrita maravilhosa do autor e capítulos bem curtinhos. Ou seja, é impossível não ler praticamente meio livro de cada vez.

Mas, falando da história de modo geral: Fiquei curiosa do início ao fim e por mais que tenha quebrado a cabeça tentando criar teorias, foi impossível descobrir qual exatamente era o mistério principal. Sem falar que vários acontecimentos me deixaram sem acreditar no que realmente estava lendo... Sim, fiquei alguns dias analisando psicologicamente alguns dos personagens haha.

Também fiquei com a sensação de que o Harlan quer contar uma história, mas não quer escrever 1.000 páginas. Então, ele usa os elementos da forma mais clara possível, sem perder tempo ou se demorar muito em descrições e afins.

O único ponto negativo e que me fez não dar 5★, foi o fato de uma ponta ter ficado muito solta. Algo simplesmente não encaixa na história quando chegamos ao final do livro, não faz sentido de modo algum.

Enfim, este foi o meu primeiro contato com alguma obra do Harlan e o que posso dizer? Misteriosamente, amei e estou preparadíssima para devorar todos os livros dele haha.


❔|Pergunta: Você já leu algo do Harlan Coben? Me conta aqui nos comentários.
Postado à:

sexta-feira, 3 de maio de 2019

Primeiras impressões: Até o Fim - Harlan Coben
15:42:000 Comentários

Olá migos!
Finalmente estou lendo um dos milhares de livros do Harlan Coben, então, é lógico que
precisava fazer este post de primeiras impressões, pra contar pra vocês o que estou achando da escrita do autor e claro, do livro em si. Vamos lá?

» Sobre a edição:

       

Infelizmente não é uma das minhas edições favoritas da vida, mas também não tenho nenhum ponto negativo para citar haha. A capa é mega chamativa, faz muito sentido com a história e a diagramação é naquele estilo “básico porém ótimo”. Ou seja, o tamanho da fonte é perfeito, não há ilustrações nem pequenos detalhes pra roubar a tua atenção e claro, as páginas são amareladas.

» Sobre os primeiros capítulos:
Por que eu não ouvi vocês antes? haha. Como devoradora de thrillers, sempre recebi indicações de livros do Harlan Coben, mas nunca tinha de fato li um deles. Mas, eis que este ano me tornei parceira da Editora Arqueiro e um dos lançamentos do mês de Março era nada mais, nada mesmo do que Até O Fim. Então é claro que essa foi a oportunidade perfeita para finalmente mudar isso. Sem mais delongas…

Estou simplesmente amando esse livro!
O prólogo, logo de cara, já me fez prender a respiração durante vários parágrafos e ficar
simplesmente chocada com um plot twist. Como assim Harlan Coben consegue fazer isso com a gente em apenas 4 páginas?!

Aliás, as páginas parecem literalmente voar durante a leitura. Tanto que pra mim é impossível ler apenas um ou dois capítulos de uma vez, pois sempre que pego o livro acabo passando de 50 páginas lidas sem nem perceber. Acho que posso dizer que o motivo disso é o fato de a escrita do autor ser a mais fluida que eu conheci até hoje.

Outra coisa que me chamou atenção é que com poucos capítulos, já consegui ter uma boa visão geral sobre a história. Sem falar que as pinceladas sobre o passado, nos fornecem ótimas descrições sobre os personagens e óbvio, fazem com que nosso cérebro fique a mil criando teorias.

Enfim, o meu único medo é acabar favoritando este livro e ir à falência por querer ler/ter todos os livros que o Coben já publicou. Como se já não bastasse a minha loucura pelas obras do Mestre SK né? hahaha.




Postado à:

Profundez no Instagram: