Profundez: #grupoeditorialrecord
Mostrando postagens com marcador #grupoeditorialrecord. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #grupoeditorialrecord. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Resenha: Will & Will, um nome, um destino - John Green e David Levithan
01:20:000 Comentários

Título: Will & Will, um nome, um destino.
Autores: John Green e David Levithan
Ano: 2015 
Editora: Galera Record
Número de páginas: 348
Minha classificação: 4★’s

▶Sobre a edição:
A minha edição é simplesmente horrível! Folhas brancas quase transparentes, capa sem orelhas e super frágil que já começou a “descascar” assim que tirei o plástico e sem falar dos erros que eu encontrei durante a leitura. Porém, já vi outras edições maravilhosas. Ou seja, eu que dei má sorte de ganhar essa.

▶Sobre os personagens:
Como de costume nos livros do tio João Verde, os personagens são adolescentes e extremamente peculiares. Mas ao mesmo tempo nós meio que já começamos o livro esperando por personagens exatamente daquele jeito. E bom, é impossível não amar o Tiny Cooper até mesmo quando estamos odiando ele.

▶Sobre a história:
Em Will & Will nos conhecemos dois garotos com o mesmo nome, Will Grayson. No entanto, essa é praticamente a única coisa que eles têm em comum. Mas apesar de serem super diferentes um do outro, em vários momentos nós conseguimos nos identificar com os dois e ao mesmo tempo entender muito bem o que eles sentem.

Antes de começar a ler este livro eu achava muito que o foco principal era abordar temas como homofobia, já que um dos Will’s é gay e pelo fato de o livro ter sido “vendido” justamente frisando esta parte. Mas não foi bem isso que aconteceu. Na verdade, o foco mesmo parece ser a adolescência e diversos dramas que vivemos nesta fase da vida. O que obviamente me fez passar por uma chuva de nostalgia, principalmente porque eu já vivi várias coisas parecidas com o que era citado no livro.

Mas o que me fez colocar esse livro entre os meus favoritos? Tiny Cooper. Sim, ele é um personagem irritante em alguns momentos mas ao mesmo tempo é simplesmente incrível. Consegui observar o quanto ele cresceu ao longo das páginas a ponto de se tornar praticamente o personagem principal. E no final do livro, ele e os Will’s deixam uma mensagem de amor e respeito tão linda que certamente não teria sido possível se ele não existisse na história.


Sem falar que eu me identifiquei muito com ele e com o quão leonino ele parecia ser haha. ⠀
Se este livro estiver aí de enfeite na sua estante, como foi no meu caso, eu realmente acho que você precisa dar uma chance pra ele. Porém, pode ser uma leitura que te decepcione um pouco. Então, nada de criar muitas expectativas. Ele é um livro leve, gostoso de ler, divertido, emocionante (chorei horrores no final) mas não é nada muito surpreendente e diferente de outros livros que já existem.


Acho que o que realmente vai definir o quão bom esse livro é, será o tipo de ligação emocional que você terá com ele. Aliás, as minhas experiências com livros do John Green são exatamente assim, apesar de achar a escrita dele super fluída são poucos os livros que me chamam atenção e eu sempre acabo me apegando à eles. Já quanto ao David Levithan, não posso falar muito pois nunca li nenhuma obra individual dele.

Ps: Caso você não goste de livros com muitos palavrões, com certeza vai odiar a escrita dos autores neste livro. Pra mim foi super tranquilo, já que realmente não tenho muitas papas na língua.


❓| Pergunta: Você já leu este livro ou pretende ler? Me conta aqui nos comentários 💙
Postado à:

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Sinopse: Will & Will - John Green e David Levithan
01:15:000 Comentários

🌈| Hey humanxs! Vamos falar de Will & Will?

Will & Will era apenas mais um dos livros que ficaram parados na minha estante por um longo tempo. Mas, ano passado quando eu finalmente li, lembro que fiquei tipo "Porque eu não li isso antes?". Simplesmente por ser um daqueles livros maravilhosos que a leitura flui muito bem e que você realmente não consegue parar de ler. E a história em si é tão linda, aaawn 💞

Confira a sinopse:
Em uma noite fria, numa improvável esquina de Chicago, Will Grayson encontra... Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome e a dor do coração partido. Um Will é amigo do mais expansivo gay de sua escola. O outro precisa explicar à própria mãe sua orientação sexual. Até que Tiny, o melhor amigo gay do primeiro Will, acaba se tornando o possível amor do outro Will. Apesar das origens completamente diferentes, esses inesperados encontros fazem com que os meninos de mesmo nome estejam prestes a embarcar juntos em uma aventura de épicas proporções. Amor adolescente, intriga, raiva, sofrimento e amizade. Tudo isso temperado com doses maciças de comédia.

Ficou curiosx? Em breve terá resenha por aqui 💙.
Postado à:

domingo, 31 de dezembro de 2017

Melhores leituras do ano! - 2017
17:50:000 Comentários


🎆| Olá humanxs!

2017 foi o ano em que o Profundez finalmente nasceu! Então, antes de qualquer coisa, eu gostaria de desejar um espetacular 2018 para cada um de vocês, repleto das melhores e mais incríveis coisas que possam existir nesse mundão. Mas também agradecer a cada um que segue o Profundez e interage com o nosso conteúdo. Muito obrigada!!

Bom, eu pensei em fazer uma retrospectiva, assim como a maioria dos ig's literários estão fazendo. Porém, percebi que sempre reclamamos de algo no fim do ano. Então, a minha retrospectiva será um pouco diferente. Decidi apenas agradecer! Agradecer as minhas melhores leituras de 2017 e ao que cada uma me proporcionou.

#OSorrisoDaHiena: Obrigada por ter me tirado da zona de conforto e me apresentado, tão profundamente, a outro gênero literário. Por ter se tornado a minha melhor leitura de 2017 e me feito pensar sobre uma série de assuntos super importantes. E um imenso obrigada por ter feito com que eu perdesse o meu pré-conceito com autores nacionais. Pois isso me fez descobrir livros incríveis.

#Caraval: Obrigada por ter me ensinado o quão importante a coragem pode se tornar. Por deixar ainda mais claro a importância de arriscar-se.

#Extraordinário: Obrigada por ter dado outro significado, ainda mais belo, a palavra gentileza.

#CaixaDePássaros: Obrigada por me mostrar o quão forte a força de vontade e a esperança podem ser.

#WillEWill: Obrigada por traduzir tão bem toda a beleza do respeito e da empatia.

#CorteDeNévoaEFúria: Obrigada por me embriagar de amor, coragem, respeito, amizade, confiança e empatia. Mas também, por ter representado tão bem a força feminina.

E quanto aos autores… Obrigada por nos presentearem com obras tão belas. Por acreditarem, assim como nós, no poder de um livro. No quanto a leitura pode mudar uma vida. Somos imensamente gratos por isso.

E caso os livros possam ouvir… Obrigada por me fazerem companhia durante um ano não tão bom assim. Por deixarem tudo mais confortável. Por me entenderem melhor do que ninguém.

E, em especial, para o meu livro que tá no forno a um bom tempo já… Aguenta aí filho, porque esse ano vai!! Haha ♥
Postado à:

sábado, 30 de dezembro de 2017

Quotes: Corte de Asas e Fúria - Sarah J. Maas
17:47:000 Comentários

🗡| Olá humanxs, tudo bem com vocês?

Pra encerrar esse 2017 com chave de ouro, é claro que eu precisava trazer um post com os quotes de Corte de Asas e Fúria. E, mds, é cada um mais bonito que o outro. Apesar de alguns serem simples e até mesmo um pouco clichês, eles são daquele tipo que você não vai esquecer tão cedo e até mesmo querer sair riscando por aí haha. Então, vamos lá?!

"Jamais percebi como a culpa é uma motivação poderosa."

(Pág: 36).

"Uma biblioteca é como um templo."

(Pág: 216).

"... de vez em quando nos lembramos de que o que achamos ser nossa maior fraqueza pode ser, às vezes, nossa maior força. E que a pessoa mais improvável pode mudar o curso da história."

(Pág: 308).

"Se quer alguém para culpar por tudo isso, talvez devesse olhar primeiro no espelho."

(Pág: 417).

"Apenas você pode decidir o que a destrói."

(Pág: 521).

"Não acho que você deva aceitar coisas "boas o suficiente".

(Pág: 580).

"É raro uma pessoa encarar quem realmente é e não fugir, não ser destruída por isso."

(Pág: 593).

"... não havia tempo o suficiente na vida para desperdiçar com ódio. Sentindo ódio e despejando-no mundo." 

(Pág: 675).

🔥PERGUNTA: Quais são os teus quotes favoritos de Corte de Asas e Ruína?
Postado à:

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Resenha: Corte de Asas e Ruína - Sarah J. Maas
17:44:000 Comentários

Título: Corte de Asas e Ruína
Autor: Sarah J. Maas
Ano: 2017
Editora: Galera Record
Número de páginas: 682
Minha classificação: 5★'s

▶Sobre a edição: 
Bom, eu sou suspeita a falar pois sempre me apaixono por tudo que envolva asas… Então, pra mim, esse é o livro mais bonito de toda a trilogia. A edição é incrível e aqueles errinhos de impressão se reduziram a praticamente nada.

▶Sobre os personagens: 

Neste último livro eu senti que a Feyre, personagem principal, deu meio que uma estagnada. Por mais que ela tenha continuado demonstrando ser super forte diante de diversas situações, ainda assim eu esperava mais dela. Pois achava que ela iria salvar tudo e a todos sozinha, e que ela fosse de certa forma invencível. Porém, isso foi algo que me deixou muito dividida. Já que durante essas brechas da Feyre, nós conseguimos sentir que aquela menina lá do início de Corte de Espinhos e Rosas ainda existia, que alguma parte dela ainda era humana. E que sim, às vezes ela ficava cansada, se machucava e até mesmo fracassava. Mas, ainda durante estas brechas, outros personagens tiverem a oportunidade de ganhar ainda mais voz. O que foi super bacana, pois permitiu que a autora tivesse espaço para desenvolver outros personagens muito importantes para o rumo da história.

O Tamlin conseguiu me deixar com mais ranço do que Hybern. O jeito como ele agiu na maior parte do livro me fez pegar nojo dele. Porém, no final eu fiquei com uma certa esperança de que ainda há uma pequena possibilidade de que ele amadureça, em um possível spinoff, assim conseguindo observar as coisas do ângulo correto e se tornar alguém um pouco melhor.

O Rhys e toda a Corte Noturna - de Velaris é claro - são oficialmente os meus personagens favoritos. A amizade que eles cultivam é simplesmente encantadora. Assim como o modo que eles trataram a Feyre desde o início… Apoiando toda e qualquer decisão dela e não apenas impondo limites. Na minha visão, ela só conseguiu se tornar uma personagem tão forte assim, devido ao apoio que recebeu nesta corte. 
Nestha e Elain? Simplesmente me surpreenderam e me conquistaram completamente.


▶ Sobre a história: 
  • A primeira coisa que realmente me incomodou muito, foi a demora para que a guerra começasse. Pois eu ficava ali apreensiva, contando os segundos pra Hybern atacar e nada. Porém, no momento em que eles realmente começam a lutar, é uma emoção atrás da outra.

  • A força das personagens femininas é algo que me chamou ainda mais atenção durante este último livro. Pois elas têm um papel super importante em cada momento tenso. E como eu já havia mencionado anteriormente, elas são ouvidas, lutam pelos seus ideais e são independentes. A opinião delas realmente é levada em consideração, muito diferente de vários outros livros que eu já li.

  • O universo ao qual este livro nos apresenta é de tirar o fôlego! Além das cortes e das terras humanas, nós conhecemos uma série de criaturas misteriosas e as respectivas histórias também. Confesso que me apeguei a várias delas, por mais assustadoras que algumas possam ser. A descrição dos territórios das cortes também é algo fascinante. Elas são extremamente diferentes umas das outras, porém, é praticamente impossível escolher qual seria a mais bela.

  • E as reviravoltas? Bom, isso tem de sobra nesse livro!! Porém, todas elas são muito bem desenvolvidas. Assim como a escrita da Sarah J. Maas que se tornou mais incrível a cada página que eu lia. A riqueza de detalhes é tão grande que em vários momentos eu me sentia diante de uma tela de cinema. Pois de fato eu conseguia imaginar os ambientes com uma perfeição de tirar o fôlego. Ainda falando sobre a autora… Se você é do tipo que odeia excesso de pontas soltas, pode ficar tranquilo. Por exemplo próprio, em determinadas situações eu já começava a me acostumar que aquilo ficaria daquele jeito mesmo, mas eis que ela nos surpreendia com uma explicação super emocionante. A sensação que eu tive foi de que ela de fato não esquece de nada! Cada informação, por mais pequena que seja, parece ter sido guardada e planejada para ser explicada no momento certo. O que me rendeu várias lágrimas, sorrisos e até gritos haha.

Eu terminei Corte de Asas e Ruína em êxtase! Ainda estou sem saber o que fazer com a minha vida. E sinceramente? Com vontade de ler tudo de novo! Na minha opinião, este foi um livro perfeito para encerrar a trilogia. Pois você fecha ele com aquela sensação de plenitude. Tudo o que devia ter acontecido, de fato aconteceu. Nenhum personagem ficou sem o que mereceu. Se eu pudesse, ficaria falando desse livro durante uma semana ou mais haha.

Mas e você, já leu Corte de Asas e Ruína? O que você achou dele? Me conta aqui nos comentários, eu vou adorar saber ♥ 
Postado à:

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Sinopse: Corte de Asas e Ruína - Sarah J. Maas
17:38:000 Comentários

🎨| Hey humanxs!

Algum de vocês também é apaixonado pela trilogia de Corte de Espinhos e Rosas? Bom, eu terminei o último livro essa semana e ainda estou surtando!! Então, é lógico que hoje nós vamos falar sobre... Corte de Asas e Ruína!

▶Confira a sinopse: 
Feyre Archeron suportou a fome, o frio, a desesperança. Atravessou a Muralha, foi Sob a Montanha. Reclamou seu amor, quebrou a maldição, livrou o mundo feérico da mais terrível ameaça... ou não? Amarantha pode ter sido aniquilada, mas o rei de Hybern pretende usar o Caldeirão para moldar um novo tempo; uma época de trevas e escravidão.

A guerra se aproxima, um conflito que promete devastar Prythian. Em meio à Corte Primaveril, num perigoso jogo de intrigas e mentiras, a Grã-Senhora da Corte Noturna esconde seu laço de parceria... e sua verdadeira lealdade. Longe de sua corte, longe de seu Grão-Senhor e verdadeiro amor, ela reúne informações, na esperança de vencer Hybern.

Tamlin está fazendo acordos com o invasor, Jurian recuperou suas forças, as rainhas humanas prometem se alinhar aos desejos de Hybern em troca de imortalidade. O exército inimigo parece imbatível. Mas o sonho de Velaris é como um farol em meio às trevas. O ideal de um mundo mais justo, igualitário... a estrela no horizonte de uma nova Prythian.

Feyre e seus amigos precisam aprender em quais Grãos-Senhores confiar, e procurar aliados nos mais improváveis lugares. Porém, a Quebradora da Maldição ainda tem uma ou duas cartas na manga... antes que sua ilha queime.

Como de costume, em breve teremos resenha aqui. Mas enquanto isso, me conta aqui nos comentários se você já leu ou pretende ler essa trilogia ^^


Postado à:

domingo, 24 de dezembro de 2017

Quotes: Corte de Névoa e Fúria - Sarah J. Maas
17:24:000 Comentários

🌫😠| Hey humanxs, Feliz Natal! E à propósito, o que vocês ganharam de presente? Haha. Espero que alguns livros, assim como eu ♡

Mas enfim, vamos falar mais uma vez sobre Corte de Névoa e Fúria?! Pois outra coisa que me fez amar ainda mais este livro foram os quotes. Cada um mais belo que o outro. Então, vou dividir alguns com vocês!

"Contanto que as pessoas que interessam saibam a verdade, não me importo com o resto."

(Pág: 198).

"Há dias bons e dias ruins para mim... mesmo agora. Não deixe que os dias ruins vençam."

(Pág: 254).

"Pode deixar que isso a destrua, deixar que a leve à morte... Ou pode aprender a viver com isso."

(Pág: 314).

"A questão não é se amava você, é o quanto. Demais. Amor pode ser um veneno."

(Pág: 339).

"Às estrelas que ouvem e aos sonhos que são atendidos."

(Pág: 356).

"Por que as coisas se atêm a outras? Talvez amem tanto o lugar para onde vão que vale a pena. Talvez continuem voltando até que reste apenas uma estrela. Talvez essa única estrela faça a viagem para sempre, com a esperança de que um dia, se continuar voltando com frequência, outra estrela a encontre de novo."

(Pág: 459).

Devo confessar que esse último é o meu favorito♥.⠀
Mas é pra você, qual é o quote mais encantador de Corte de Névoa e Fúria? Me conta aqui nos comentários ^^
Postado à:

sábado, 23 de dezembro de 2017

Resenha: Corte de Névoa e Fúria - Sarah J. Mass
17:20:000 Comentários

Título: Corte de Névoa e Fúria
Autor: Sarah J. Maas
Ano: 2016
Editora: Galera Record
Número de páginas: 654
Minha classificação: 5★'s

▶Sobre a Edição: 

Assim como em Corte de Espinhos e Rosas, essa edição é maravilhosa. Você se sente completamente encantada por ter um livro desse em mãos. Porém, alguns errinhos de impressão permaneceram.

Sobre os personagens:
Neste livro você vai simplesmente ficar fascinado com a Feyre e com o fato de ela ter se tornado uma personagem feminina ainda mais forte. Ela realmente amadureceu muito e o que nós vimos sobre ela nos primeiros capítulos de Corte de Espinhos e Rosas, quando ela ainda estava na aldeia, foi trazido com muito mais força neste livro. Mas não só ela, em geral, as personagens femininas nesse livro são incríveis. Lutam pelos seus ideias, não se deixam governar por ninguém, não desistem jamais e muito menos esperam por um “príncipe encantado” que possa salvá-las ou protegê-las. Sem contar que elas realmente tem voz, ou seja, as opiniões delas nunca são ignoradas.

Quem mais me surpreendeu foi, sem sombra de duvidas, o Rhysand. Observar este personagem por outro ângulo nos permite entender uma série de outras coisas que passaram despercebidas no primeiro livro. E também nos faz odiar o Tamlin. Odiar o fato de ele estar fazendo tudo errado, porém, achar que está é a única solução e consequentemente o único jeito de ter de volta “coisas” que ele perdeu. Odiar o quão abusivo ele foi com o Feyre na maior parte do tempo e eu, particularmente, não fui capaz de perceber isso. Talvez por que a tal maldição acabou me fazendo aceitar mais coisas do que realmente faziam parte dela.

▶Sobre a história:
Não há palavras o suficiente pra explicar o quão maravilhoso este livro é. Pois, em Corte de Névoa e Fúria, nós realmente sentimos o quanto a autora evoluiu no desenvolvimento da história e os personagens. A escrita da Sarah J. Maas se tornou ainda mais rica em detalhes, bem organizada/planejada e desenvolvida. Apesar de o livro passar de 600 páginas, praticamente não sentimos isso de tão fluída que a leitura é.


A forma como os personagens são apresentados continua fazendo com que nos apeguemos à eles. Sentimos o quão importantes eles são para cada cena e para a história no geral. A ação se faz muito mais presente neste livro. Assim como as tais reviravoltas. Mas quanto a isso, o fato é que, por mais que as coisas mudem loucamente e você seja obrigado a ver a situação de outro jeito, ele nunca volta para o ponto inicial. Há sempre algo novo, mas algo que se encaixa perfeitamente em tudo e que te explica uma série coisas super importantes. E nele, nós percebemos que antes a Feyre teve apenas uma gota de tudo o que ela poderia ter tido, que muitas coisas foram proibidas à ela.

Porém, agora é como se ela tivesse um oceano inteiro só pra si e alguém que não deseja fazê-la de escrava, troféu ou até mesmo um bichinho de estimação, mas sim cuidar dela enquanto ela enfrenta tudo o que desejar enfrentar. Nada pode impedi-la ou dizer que ela não é boa o suficiente para tais coisas.

Por fim, eu só preciso deixar claro que este livro me destruiu! Ele foi capaz de mudar totalmente a visão que eu tinha sobre essa história. O que foi maravilhoso, pois fez com que eu me encantasse por ela ainda mais. Porém, também fez com que eu ligasse um alerta em relação a outras coisas, principalmente coisas “reais”. Como parar de romantizar certas história, pensar ainda mais além do que me é apresentado e consequentemente questionar mais certas coisas.

Até agora, este é o meu livro favorito desta trilogia!! Mas e você, já leu Corte de Névoa e Fúria? Me conta aqui nos comentários o que você achou dele ♥
Postado à:

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Sinopse: Corte de Névoa e Fúria - Sarah J. Mass
17:16:000 Comentários

🌫😠| Hey humanxs, tudo bem com vocês?!

Bom, eu só gostaria de dizer que não há como explicar o quão destruidor Corte de Névoa e Fúria é!! Pensem em um livro que mexe em tudo que você já tinha em mente sobre a história e te apresenta algo totalmente novo. Porém, tudo faz sentido! Você se sente até meio trouxa por ter acreditado tanto em Corte de Espinhos e Rosas haha. Mas, vamos deixar essas e outras tantas considerações pra resenha. Está que sairá em breve, aguardem...


Confira a sinopse de Corte de Névoa e Fúria: 
Feyre Archeron morreu Sob a Montanha. Nas garras de Amarantha, a jovem humana que ansiava por amor e proteção deixou de existir. Das cinzas de seu velho eu, Feyre Quebradora da Maldição foi Feita – com os poderes de sete Grão-Feéricos... e uma vontade tão férrea quanto o metal temido por eles.

Seu coração, no entanto, permanece humano, vulnerável. Incapaz de esquecer o que sofreu para libertar o povo de Tamlin... e o pacto firmado com Rhysand, senhor da Corte Noturna. Mas, mesmo assim, Feyre se esforça para reconstruir o lar que criou na Corte Primaveril. Então por que é ao lado de Rhys que ela se sente mais plena?

Peça-chave num jogo que desconhece, Feyre deve aprender rapidamente do que é capaz. E curar sua alma partida. Pois um antigo mal, muito pior que Amarantha, se agita no horizonte... um que ameaça não apenas os feéricos, mas o mundo humano e a muralha também.

Enquanto navega por uma teia de intrigas políticas, paixões e poder, sufocada por Tamlin, Feyre precisa decidir o que deseja: amor ou liberdade?
Postado à:

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Qual foi a tua primeira paixão literária?
17:11:000 Comentários

👼🏻|Hey humanxs!!

O post de hoje é um pouquinho diferente e, de certa forma, até mesmo especial. Pois ontem, dia 19, o Profundez completou 1 mês de existência "real" haha. Digo "real" porque foi de fato um mês em que planejamos posts, nos dedicamos e nos esforçamos para trazer um conteúdo bacana para vocês. No entanto, o Profundez já existe a bem mais de um mês. Mas como vocês podem ver, as outras tentativas não deram muito certo. Porém, o que vale é o agora, não é mesmo?! Eu particularmente posso dizer que o Profundez se tornou uma forma de terapia pra mim. E que ele já deu mais do que certo!! Pois, sim, eu achava que iríamos desistir antes do primeiro mês (um pouco pessimista eu? Talvez! Haha). Em fim... Pra um post tão especial eu obviamente precisava falar de Fallen.

Fallen foi a minha primeira paixão literária!! O que me fez pegar gosto pela leitura. O que fez nascer a minha paixão pelos tão polêmicos Anjos Caídos. A história que me acompanhou por muitos anos difíceis e que tem um lugarzinho enorme no meu coração. E que, apesar de eu reconhecer que existem outras histórias semelhantes que são "melhores", Fallen sempre vai ser a minha favorita. Claramente por que eu tenho um carinho imenso por cada um dos livros. Porém, uns 7 anos depois, eu não tive coragem de terminar o último livro. Sim, sou do tipo de leitora que se apega tanto à história e aos personagens que não consegue terminar uma saga.

Mas e você... Qual foi a tua primeira paixão literária?! Me conta aqui nos comentários ♥
Postado à:

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Quotes: Corte de Espinhos e Rosas - Sarah J. Maas
16:54:000 Comentários

🌹🗡| Hey humanxs, tudo bem com vocês? Espero que sim!

Quem aí já leu Corte de Espinhos e Rosas e se apaixonou por diversos quotes? Hoje eu vou jogar na rodinha os quotes que mais fizeram o meu corezinho acelerar haha. Então vamos lá!

"Precisamos de esperança tanto quanto precisamos de pão e carne... Precisamos de esperança, ou não sobreviveremos."

(Pág: 27).

"Contra escravidão, contra tirania, eu marcharia feliz para minha morte, não importando de quem fosse a liberdade que eu defendia."

(Pág: 154).

"Porque eu não iria querer morrer sozinha... Porque eu iria querer que alguém segurasse minha mão até o fim, é um pouco depois disso."

(Pág: 163).

"Não se sinta mal nem um segundo por fazer o que a faz feliz."

(Pág: 182).

"Acho que afundei tanto dentro de mim mesma que foi preciso algo extraordinário para me trazer de volta."

(Pág: 384).

"...minha vida ficou linda de novo durante aqueles poucos segundos em que nossas mãos se encontraram."

(Pág: 388).

"Tudo o que amo sempre teve a tendência de ser tomado de mim."

(Pág: 425).
Postado à:

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Resenha: Corte de Espinhos e Rosas - Sarah J. Maas
16:49:000 Comentários

Título: Corte de Espinhos e Rosas
Autor: Sarah J. Maas (@therealsjmaas).
Ano: 2015
Editora: Galera Record (@galerarecord).
Número de páginas: 427
Minha classificação: 5★'s


▶Sobre a edição:
O livro inteiro é simplesmente magnífico. Desde a capa até cada pequeno detalhe nas páginas. Mas eu percebi alguns errinhos que passaram após a impressão, alguns borrões. Porém, isso não afeta em praticamente nada o quão linda esta edição é. Tão linda a ponto de fazer o leitor se sentir especial por comprar um livro que, aparentemente, foi planejado com muita atenção e carinho.

▶Sobre os personagens:
Eu jamais poderia começar esse post sem deixar claro o quanto amei a Feyre. Ela foi, sem sombra de duvidas, a personagem feminina mais forte que eu já tive o prazer de “conhecer”. Então, de antemão, eu já gostaria de dizer que, se você espera encontrar uma história clichê onde a donzela é salva pelo herói, você precisará desconstruir isso com Corte de Espinhos e Rosas.


A Feyre me conquistou imediatamente. Logo nas primeiras página eu já me vi torcendo por ela e admirando o quão forte ela era em relação a praticamente todos os outros personagens. Por mais que ela tenha baixado a guarda em determinados momentos, eu senti que isso foi muito bem justificado. Pois ninguém é forte/durão o tempo todo. Ainda mais quando se está apaixonado.

Neste primeiro livro, eu não fui capaz de odiar o Tamlin, não tanto quanto vi outras pessoas odiando. Talvez eu tenha ficado um pouco brava lá pro final da história, pelo fato de ele estar apenas existindo em meio a um caos. Porém, alguns dos motivos dele me convenceram bem.

Quanto aos personagens, no geral, eu me senti de certa forma apegada à eles. Até os que me causaram repulsa. Achei todos muito bem construídos e desenvolvidos. Nenhum me pareceu ser um “tanto faz” na história.


▶Sobre a história/escrita:
A leitura é simplesmente viciante. Esse livro me pegou de um jeito que não acontecida a muitos meses. Me senti completamente envolvida na história e consequentemente na vida dos personagens. Às vezes eu até me sentia dentro dela, como um deles.


O fato de ter alguns resquícios de A Bela e a Fera foi claramente algo me causou uma nostalgia incrível. Por mais que Corte de Espinhos e Rosas seja um pouco mais “adulto”, em vários momentos, por conta da riqueza de detalhes apresentados, eu conseguia me lembrar de momentos em ouvia está história quando pequena.

Outro ponto que me deixou um pouco fascinada, é que as coisas não demoram pra acontecer. A autora não fica te enrolando ou te cozinhando em banho-maria. Mas também não chega e simplesmente joga tudo diante de ti. Os acontecimentos são dispostos em um ritmo incrível, o que ajuda e muito quanto a prender a atenção do leitor.

Este livro ganhou um lugarzinho especial no meu coração pelo simples fato de ter me feito ir das lágrimas aos sorrisos, o que é muito difícil de acontecer. Passei muita raiva com ele - por culpa de alguns personagens. Torci muito pela Feyre e pelo Tamlin. Houve momentos em que o meu coração praticamente se partia por eles. Porém, senti que ela não tinha ele como único motivo para tudo o que precisava ser feito. Às vezes até parecia que a família dela e os feéricos eram mais importantes do que ele. E apesar de terem ficado algumas pontas soltas, eu realmente ficaria contente se este fosse o único livro, caso não houvesse uma trilogia. Pois ao meu ver, tudo foi muito bem apresentado, desenvolvido e concluído neste livro. Realmente não me importaria de ficar com algumas duvidas na cabeça, até prefiro assim, quando o autor deixa uma brecha para pensarmos e talvez criamos o nosso próprio final. Porém, como eu ainda não li os outros dois livros desta trilogia, não posso falar muito à respeito.

Mas e você, já leu Corte de Espinhos e Rosas? O que você achou? Ou ele ainda tá na tua lista de desejos? Me conta aqui nos comentários, eu vou adorar saber. 
Postado à:

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Sinopse: Corte de Espinhos e Rosas - Sarah J. Maas
16:44:000 Comentários


🌹🗡| Olá humanxs!!

Quem aqui já conhece a trilogia de Corte de Espinhos e Rosas?! Acho que quase todo mundo haha. Confesso que demorei um pouco pra decidir que iria ler, pois a história não tinha me despertado muito interesse. Porém, me arrependo muito de ter demorado tanto. Já terminei o primeiro livro e estou nas últimas páginas do segundo e posso dizer que eu "surtei" do início ao fim. Mal posso esperar pra ler o último. Mas não sei o que será do meu psicológico depois que acabar essa trilogia ahskns.


Confira a sinopse:
Depois de anos sendo escravizados pelos feéricos, os humanos enfim se rebelaram; mas a liberdade tem seu preço e, em meio a batalhas épicas, um Tratado é forjado para selar a paz e determinar os espólios de guerra. Uma muralha mágica então separa as espécies. Do lado feérico, mistério; do humano, apenas medo, desconfiança e dificuldade.

Num medo sem futuro ou esperança. Feyre, filha caçula de um mercador humano falido, se torna caçadora para sustentar a família. Dura como as flechas que carrega, letal como sua pontaria, ela abandona as fantasias de garota pela árdua vida nas florestas ao redor de sua aldeia.

Sua única alegria é observar as cores e sonhar em capturá-las. Mas, na floresta coberta de neve, tudo é branco e árido; como o ódio pelos feéricos que carrega no coração; como as telas que não pode comprar ou colorir. Até que um enorme lobo cruza seu caminho... Sem hesitar, Feyre dispara... uma flecha. Um ato de rebelião.

Após matar o lobo, uma criatura bestial surge, exigindo uma reparação. Arrastada para além do muro, para uma terra mágica e traiçoeira — que ela só conhecia por meio de lendas —, a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, Grão-Senhor da Corte Primaveril. Um feérico com um segredo, escondido sob uma máscara.

À medida que ela aprende mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade a uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo dos feéricos, e Feyre deve provar seu amor para detê-la... ou Tamlin e seu povo estarão condenados.


Postado à:

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

TBR de Novembro 2017.
16:08:000 Comentários


🌞| Hey humanxs, bom fim de tarde.

Como vai a segunda-feira de vocês? Espero que muito bem, apesar do calor (😰😫).

Hoje eu vim compartilhar com vocês as minhas leituras atuais. Sim, leituras no plural mesmo. Pois eu sou do tipo que não consegue ler apenas um livro por vez haha.

Começando por #MindHunter, um livro maravilhoso e com várias informações de tirar o fôlego. Na maioria das vezes, me vejo lendo um capítulo e indo direto fazer uma pesquisa no google.

#OCeifador tá mais pra minha "leitura empacada". Ainda não fui capaz de identificar o motivo, porém, tenho sofrido muito pra conseguir ler algumas páginas. Mas não vou desistir dele.

Faz poucos dias que eu iniciei a leitura de #CorteDeEspinhosERosas e "CRLH", que livro maravilhoso. Estou amando tudo, a começar pela capa incrível.

E por último, mas não menos importante, esse calhamaço maravilhoso do Stephen King. #ItACoisa é o primeiro livro do King que eu leio e já estou completamente apaixonada pela riqueza de detalhes na escrita dele.

Mas eaí, qual é a sua leitura atual? Já leu, ou tem vontade de ler, algum dos livros que eu estou lendo? Amou ou não gostou de algum deles? Me conta aqui nos comentários, eu vou adorar saber ♥
Postado à:

Profundez no Instagram: