Resenha: Ascensão - Stephen King - Profundez

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Resenha: Ascensão - Stephen King



Título: Ascensão
Autor: Stephen King
Editora: @editorasuma 
Número de páginas: 124
Minha classificação: 4,5★’s

______
▶ Sobre a edição:

Ascensão, com certeza, precisa de um comentário especial sobre esta edição que simplesmente foge dos padrões da grande maioria dos livros do mestre SK. As dimensões são menores! Se você, que nem eu, gosta de manter seus Kings juntinhos na estante... Sim, Ascensão vai destoar bastante. A dica é colocar ele perto de O Instituto para, pelo menos, gerar um pouco de harmonia entre os tons haha.

_______
▶ Sobre a história:

Misteriosamente, Scott Carey está perdendo peso em um ritmo descontrolado. No entanto, os números só mudam na balança pois seu corpo permanece igual, não importa o que ele coma. Como não consegue descobrir as respostas de que precisa, ele decide não se preocupar com o futuro e sim com outras questões que o rodeiam. Como, por exemplo, o preconceito que suas vizinhas - um casal homoafetivo - têm sofrido de parte da população de Castle Rock.


_______
▶ Sobre os personagens:

Apesar de alguns pontos sobre a vida dos personagens ter me deixado com interrogações na mente, me comprometi a não julgar isso com tanta veemência. Acredito que Ascensão tenha um objetivo diferente de outras obras do Mestre. Aqui a intenção não é focar nos personagens e sim em um contexto e em uma parte da população. Ou seja, não conhecemos muito sobre a história dos personagens, mas sim os observamos no momento atual de suas vidas.

_______
▶ O que eu achei:

Ascensão é a prova de que, Stephen King, consegue colocar fogo no planeta inteiro enquanto prende nossa atenção em uma de suas histórias.

Devorei esse livro em apenas um dia, mas a história me acompanhou por várias e várias semanas. Não foi fácil me desprender da sensação de ter o coração esmagadinho e parar de pensar no que aconteceu com os personagens depois que o livro acabou. Claro, nos dizem que a história acaba quando o livro acaba, mas pra mim, os personagens continuam existindo em algum lugar misterioso.

Bom, neste livro, SK não nos dá nenhuma explicação ou base que possa servir de teoria quanto à alguns fenômenos bizarros. Mas, surpreendentemente isso não me incomodou ao passar das páginas. É um ponto importante e super relevante, mas quando concluímos a leitura percebemos que o foco da história é totalmente outro.

Temos Scott, nosso personagem principal e um dos frutos de uma sociedade machista e homofóbica. Ele nos mostra como é ter a semente do pré-conceito plantada dentro de sua cabeça desde sempre e ensinado a nunca questionar, a nunca olhar o outro lado da moeda.

No entanto, acredito que ele não seja uma pessoa ruim. Ele não é capaz de agredir alguém (verbalmente ou fisicamente) usando como justificativa seu gênero ou orientação sexual. E, assim que temos o delicioso momento do questionamento de tais ações da sociedade, Scott se mostra uma pessoa totalmente diferente.

Utilizar um personagem hétero, branco e obviamente privilegiado para mostrar a realidade de um casal homoafetivo parece a fórmula perfeita para o desastre... Bom, não em Ascensão. Em determinado momento, percebermos que a história principal gira em torno do casal e que Scott, é a ponte para conseguirmos um diálogo com determinadas pessoas. 

Sei que a maioria de nós quer ensinar as coisas enquanto chocamos as pessoas com nossas estáticas e dados. Alguns só aprendem assim mesmo. Mas outros só aprendem quando abrandamos o tom da fala. Ascensão é para essas pessoas. 

Poderia ter sido uma história mais intensa? Acho que sim, mas ao mesmo tempo acho que não. Ascensão é um livro pra nos fazer curtir a viagem e aprender algo. É uma conversa rápida e leve, que nos mostra outras realidades e o valor da amizade.

Confesso que a sinopse e as resenhas que li desse livro, não me prometeram tanto assim. Então, acabei indo sem muita expectativa, mas, a trama conseguiu me transmitir uma mensagem muito legal e super importante para os dias atuais.


"Por que se sentir mal sobre  algo impossível de mudar? Por que não apenas aceitar?"


Um comentário:

  1. Slot machines are rigged - JTM Hub
    The jackpot 인천광역 출장마사지 machines are a common form of gambling This slot 평택 출장샵 machine machines 충주 출장안마 are 서울특별 출장마사지 rigged. Here is a 세종특별자치 출장샵 list of the most common and most

    ResponderExcluir

Profundez no Instagram: