Resenha: Uma Mulher no Escuro - Raphael Montes - Profundez

terça-feira, 11 de junho de 2019

Resenha: Uma Mulher no Escuro - Raphael Montes


Título: Uma Mulher no Escuro
Autor: Raphael Montes
Editora: @companhiadasletras
Número de páginas: 254
Minha classificação: 4,5★’s

» Sobre a edição:
  

Sou suspeita a falar sobre esta edição pois adoro livros em tamanho físico menor, como este. Acredito que eles sejam mais confortáveis do que aqueles de tamanho tradicional. Mas quanto à capa, fonte e afins... simplesmente amei tudo. A fonte é de um tamanho super okay e parece seguir o padrão dos livros do Raphael. A capa parece ter sido uma mistura de A Incendiária com Metade Sombria, amei haha.

» Sobre a história:

Com 4 anos de idade, Victoria Bravo viu toda sua família ser brutalmente assassinada. O assassino era um adolescente que estudava na escola dos pais de Victoria, mas apesar de ter confessado o crime, nunca revelou o que o motivou a cometer tal crime.
Mas agora, 20 anos depois, Victoria se vê sendo ameaçada justamente pelo suposto assassino de seus pais. Ele estaria em busca de que? Por que a poupou quando criança, para depois ameaçá-la anos depois?


  

» Sobre os personagens:

Me identifiquei com a personagem principal daquele jeito incrível que nos permite entender o que ela realmente esta passando e às vezes até mesmo o que ela esta sentindo. Por isso, acredito que grande parte dos personagens deste livro nos transmitem uma carga emocional absurda. À primeira vista são pessoas normais, mas que na verdade escondem segredos, historias e traumas absurdos.

» O que eu achei:

Simplesmente devorei esse livro!
Fazia muito tempo que eu não ficava tão presa em uma leitura a ponto de não conseguir largar o livro.

Meus miolos praticamente fritaram enquanto eu criava um milhão de teorias para tentar descobrir quem era o assassino e suas motivações. No final, posso dizer que apenas uns 30% delas estavam certas haha.

Acredito que assim como os outros livros do autor, Uma Mulher no Escuro é perturbador em vários aspectos. Principalmente quando você fecha o livro e se dá conta de tudo que acabou de ler. Quando percebe o quanto as pessoas podem ser "podres" e que podemos estar confiando nas pessoas erradas. Pra mim, a grande mensagem desse livro é: Não confie cegamente em tudo que te dizem, pois o seu pior inimigo pode estar do seu lado.

A escrita do Raphael é mega fluída e o jeito como ele dispõe os elementos ao longo das páginas, me dá a sensação de levar inúmeras "tijoladas" haha. Quando achamos que é impossível acontecer mais alguma reviravolta ou que se houver, o autor vai simplesmente estragar tudo, ele apenas vira a história inteira de cabeça pra baixo e nos mostra que seus livros sempre podem ficar mais interessantes.

O final foi o único motivo pelo qual não dei 5★’s. No geral, gostei muito de como a história foi concluída, mas acho que poderia ter sido um pouquinho menos corrido. Mas, isso é apenas um gosto pessoal.

❔| Você já leu Uma Mulher no Escuro ou algum outro livro do Raphael? Me conta aqui nos comentários.



Nenhum comentário:

Profundez no Instagram: