Resenha: Príncipes Perversos - Karine Vidal - Profundez

segunda-feira, 4 de março de 2019

Resenha: Príncipes Perversos - Karine Vidal


Título: Príncipes Perversos
Autora: Karine Vidal
Editora: Edição Independente
Número de páginas: 271
Minha classificação: 4,5★’s

▶Sobre a edição:

 

Não é exatamente uma novidade o fato de que eu não sou muito fã de rosa haha. Mas,
deixando esse meu gosto pessoal de lado, posso dizer que a capa realmente faz jus à história.
Pois quando a olhamos, temos a sensação de que vamos ler algo sobre pessoas ricas, mimadas, que estão acostumadas a sempre ter tudo que querem… Bom, a trama vai bem por esse caminho.
As páginas são amareladas e a fonte é de um tamanho bem okay, então a leitura em si acaba sendo bem confortável.

▶Sobre a história:

Lívia e Clara são irmãs gêmeas - exatamente iguais fisicamente - mas que por uma série de questões, foram separadas na infância. Enquanto Lívia permaneceu numa cidadezinha do interior levando uma vida humilde com a sua mãe, Clara foi adotada por uma família rica e cresceu tendo todos os seus desejos realizados.
Porém, depois de 20 anos, Clara aparece na casa de Lívia com uma proposta irrecusável: Se ela fingisse se passar pela irmã gêmea durante 3 meses, receberia uma boa quantia de
dinheiro.

▶Sobre os personagens:

Acima de qualquer coisa, este livro me fez ver que algumas pessoas realmente tem dois lados e que podem sim ser influenciadas - por outras pessoas - a mostrar o pior deles.
Apesar de ter torcido muito pelo casal e ficado feliz com a evolução de alguns personagens, sinto que infelizmente não me apeguei tanto à eles. Talvez, para mim, tenha faltado aqueles famigerados momentos em que conseguimos nos colocar no lugar deles e perceber que afinal de contas, somos muito parecidos.

▶O que eu achei:
Que leitura maluca! Desde a primeira página eu me surpreendi com a rapidez como alguns
elementos nos eram apresentados e, consequentemente, com o ritmo de leitura. Sim, esse é um daqueles livro para devorar em poucos dias, que simplesmente não nos deixa dormir até chegar à última página haha.

Sem falar que, parecia que eu já conhecia aquela história e que iria desvendar os mistérios
logo de cara. Isso aconteceu? Em parte, digamos assim.


Pois de fato consegui descobrir alguns detalhes, mas, as reviravoltas do final… Eu jamais chegaria em tal conclusão, até porque a autora não nos permitiu desconfiar de nada daquilo. Apenas nos surpreendeu com algo capaz de deixar qualquer um de queixo caído!

Tive a sensação de que, se colocarmos algumas coisas na balança, a trama acaba ficando em uma linha tênue em relação a diversos assuntos. Você tem personagens que se revoltam com injustiças e que tentam fazer algo para ajudar uns aos outros, mas ao mesmo tempo existe aquela famigerada rivalidade feminina e muitos dos mesmo personagens acabam fechando os olhos para algumas questões. Mas se formos observar o contexto de vida de cada um, essa pode ser realmente a intenção. 


No geral, acho que a história está recheada de vários elementos que poderiam ser bem mais aproveitados e desenvolvidos, pois consigo ver nitidamente algumas pontes que com certeza levariam à conclusões bem interessantes. Então, a pergunta que fica é... Será mesmo que Príncipes Perversos acaba neste primeiro volume ou a autora ainda vai nos surpreender?


❔|Pergunta: Você já leu Príncipes Perversos? Se sim, me conte aqui nos comentários se
também está sonhando com uma continuação haha.



Nenhum comentário:

Profundez no Instagram: