Resenha: O Ceifador - Neal Shusterman - Profundez

sábado, 3 de março de 2018

Resenha: O Ceifador - Neal Shusterman


Título: O Ceifador
Autor: Neal Shusterman
Ano: 2017
Editora: Seguinte
Número de páginas: 442
Minha classificação: 4★’s

▶Sobre a edição:
Me arrisco a dizer que, caso eu não tivesse o costume de ler a sinopse e algumas resenhas antes de comprar um livro, teria facilmente comprado este pela capa. Mas uma coisa que definitivamente ganhou o meu coração foi que, na orelha de trás tem um marcador! Ou seja, é só você destacar ele e puf ♥

▶Sobre os personagens:
Os personagens desse livro simplesmente não me cativaram. Gostei muito da forma como eles foram construídos e desenvolvidos, mas simplesmente não consegui me apegar à eles.

▶Sobre a história:

Em O Ceifador, logo de cara nós conhecemos um mundo totalmente deste em que vivemos. Não existem mais doenças, a humanidade descobriu a resposta para todas as perguntas - tanto que não morrem mais - e existem ceifador que são responsáveis por coletar determinado número de pessoas para que haja um equilíbrio no planeta. Porém, alguns membros da Ceifa são um tanto quanto peculiaridades e estão dispostos a mudar certas coisas. ⠀

A minha experiência pessoal com esse livro não foi das melhores, o que me deixou um pouco frustrada já que eu fique ansiosíssima pra ler e achava que ele tinha tudo pra ser um dos meus favoritos. ⠀

Na primeira vez que eu tentei ler, ele foi extremamente cansativo e eu achava tudo muito mal explicado e superficial demais. Tive a impressão de que o autor praticamente nos joga (sem paraquedas) na história e explica o mínimo possível de algumas coisas e espera que todos entendam. Sem falar que algumas delas pareciam mudar em um piscar de olhos e eu ficava tipo “tá, mas porque isso?”. A naturalidade, e talvez um pouco de frieza, como eles tratam a morte acabou me deixando triste e angustiada em vários momentos. Então, decidi colocar ele na estante novamente e deixar pra ler em outro momento. ⠀

Confesso que dá segunda vez que peguei ele pra ler realmente achei um pouco melhor. A leitura estava muito mais leve, fluida e instigante. Mas, ainda sim senti que tudo estava rápido demais e que faltam muitas informações.


Bom, eu gosto de ler livros com muitos detalhes então sempre acabo me decepcionando com outros que parecem ter um ritmo mais acelerado. Sem falar que eu nunca tinha lido nada parecido com O Ceifador, então acho que isso contribuiu bastante para que eu empacasse na leitura. ⠀
Mas, no geral, a proposta da história é incrível, tanto que já vi que este se tornou o livro favorito de muitas pessoas. Acho que pra mim faltou um pouco mais de explicações e que, se você já leu algo semelhante ou se está familiarizado com o assunto, provavelmente vai ter uma experiência totalmente diferente da minha.

E é muito válido lembrar que nem tudo está perdido caros leitores. Pois, tem mais um livro que já foi publicado fora do Brasil, então tudo pode acontecer, inclusive eu mudar de ideia e passar a amar essa história. E que também há uma imensa probabilidade de que haja um filme deste livro. Também preciso mencionar que o último capítulo despertou muito a minha curiosidade e já me fez criar algumas teorias.


❓| Pergunta: Você já leu O Ceifador? Me conta aqui nos comentários o que você achou ♥

Nenhum comentário:

Profundez no Instagram: