Resenha: Corte de Névoa e Fúria - Sarah J. Mass - Profundez

sábado, 23 de dezembro de 2017

Resenha: Corte de Névoa e Fúria - Sarah J. Mass


Título: Corte de Névoa e Fúria
Autor: Sarah J. Maas
Ano: 2016
Editora: Galera Record
Número de páginas: 654
Minha classificação: 5★'s

▶Sobre a Edição: 

Assim como em Corte de Espinhos e Rosas, essa edição é maravilhosa. Você se sente completamente encantada por ter um livro desse em mãos. Porém, alguns errinhos de impressão permaneceram.

Sobre os personagens:
Neste livro você vai simplesmente ficar fascinado com a Feyre e com o fato de ela ter se tornado uma personagem feminina ainda mais forte. Ela realmente amadureceu muito e o que nós vimos sobre ela nos primeiros capítulos de Corte de Espinhos e Rosas, quando ela ainda estava na aldeia, foi trazido com muito mais força neste livro. Mas não só ela, em geral, as personagens femininas nesse livro são incríveis. Lutam pelos seus ideias, não se deixam governar por ninguém, não desistem jamais e muito menos esperam por um “príncipe encantado” que possa salvá-las ou protegê-las. Sem contar que elas realmente tem voz, ou seja, as opiniões delas nunca são ignoradas.

Quem mais me surpreendeu foi, sem sombra de duvidas, o Rhysand. Observar este personagem por outro ângulo nos permite entender uma série de outras coisas que passaram despercebidas no primeiro livro. E também nos faz odiar o Tamlin. Odiar o fato de ele estar fazendo tudo errado, porém, achar que está é a única solução e consequentemente o único jeito de ter de volta “coisas” que ele perdeu. Odiar o quão abusivo ele foi com o Feyre na maior parte do tempo e eu, particularmente, não fui capaz de perceber isso. Talvez por que a tal maldição acabou me fazendo aceitar mais coisas do que realmente faziam parte dela.

▶Sobre a história:
Não há palavras o suficiente pra explicar o quão maravilhoso este livro é. Pois, em Corte de Névoa e Fúria, nós realmente sentimos o quanto a autora evoluiu no desenvolvimento da história e os personagens. A escrita da Sarah J. Maas se tornou ainda mais rica em detalhes, bem organizada/planejada e desenvolvida. Apesar de o livro passar de 600 páginas, praticamente não sentimos isso de tão fluída que a leitura é.


A forma como os personagens são apresentados continua fazendo com que nos apeguemos à eles. Sentimos o quão importantes eles são para cada cena e para a história no geral. A ação se faz muito mais presente neste livro. Assim como as tais reviravoltas. Mas quanto a isso, o fato é que, por mais que as coisas mudem loucamente e você seja obrigado a ver a situação de outro jeito, ele nunca volta para o ponto inicial. Há sempre algo novo, mas algo que se encaixa perfeitamente em tudo e que te explica uma série coisas super importantes. E nele, nós percebemos que antes a Feyre teve apenas uma gota de tudo o que ela poderia ter tido, que muitas coisas foram proibidas à ela.

Porém, agora é como se ela tivesse um oceano inteiro só pra si e alguém que não deseja fazê-la de escrava, troféu ou até mesmo um bichinho de estimação, mas sim cuidar dela enquanto ela enfrenta tudo o que desejar enfrentar. Nada pode impedi-la ou dizer que ela não é boa o suficiente para tais coisas.

Por fim, eu só preciso deixar claro que este livro me destruiu! Ele foi capaz de mudar totalmente a visão que eu tinha sobre essa história. O que foi maravilhoso, pois fez com que eu me encantasse por ela ainda mais. Porém, também fez com que eu ligasse um alerta em relação a outras coisas, principalmente coisas “reais”. Como parar de romantizar certas história, pensar ainda mais além do que me é apresentado e consequentemente questionar mais certas coisas.

Até agora, este é o meu livro favorito desta trilogia!! Mas e você, já leu Corte de Névoa e Fúria? Me conta aqui nos comentários o que você achou dele ♥

Nenhum comentário:

Profundez no Instagram: